Consulta de Osteopatia

São vários os fatores que influenciam a fertilidade feminina. Por este motivo, a intervenção nesta área deve ser realizada numa abordagem multidisciplinar.

No ponto de vista da osteopatia, para que um órgão funcione em pleno, é necessário que esteja móvel e devidamente vascularizado e inervado. A osteopatia pode, assim, ter um papel importante na promoção da fertilidade feminina:
Otimizando a circulação arterial, venosa e linfática, em especial dos órgãos da região pélvica e das glândulas diretamente relacionadas com o ciclo hormonal e a conceção;
Atuando sobre restrições de mobilidade nas articulações e tecidos (músculos, ligamentos, nervos, fáscia) que envolvem o sistema urogenital, essenciais para a mobilidade e função dos órgãos pélvicos.

Esta consulta de osteopatia será especialmente útil na presença de:

  • cicatrizes (especialmente na região abdomino-pélvica)
  • cirurgias prévias, em especial na região abdomino-pélvica (apendicectomia; cesariana anterior; intervenção nos ovários, útero ou trompas; cirurgia a endometrioma).
  • dores ou restrições de mobilidade, em especial na região abdominal, lombar ou pélvica
  • sensação de congestão ou inchaço na zona pélvica ou membros inferiores
  • patologias pélvicas inflamatórias (endometriose, adenomiose, síndrome do cólon irritável, obstipação crónica, síndrome de ovários poliquísticos, entre outras)
  • alterações do ciclo menstrual (dores menstruais fortes, ciclos irregulares, entre outras)
  • disfunção do pavimento pélvico (dor ou ardor antes, durante ou após o ato sexual; perdas de urina ou gases/fezes; dor ou ardor ao urinar / dor ao evacuar, entre outros).

A consulta de osteopatia poderá ser uma ajuda para potenciar a fertilidade em casos de gravidez espontânea, mas também para aumentar a probabilidade de sucesso de uma intervenção de procriação medicamente assistida.

As consultas podem ser realizadas nas instalações da UTERUS ou no domicílio.
Contacte-nos aqui para mais informações ou agendamento.