Consulta de Fisioterapia Pélvica

Com a diminuição dos níveis de estrogénio durante a menopausa, os tecidos da vulva, vagina e uretra podem tornar-se mais finos e perder sua elasticidade e é frequente uma redução da lubrificação da vagina. Estas alterações predispõe as mulheres ao aparecimento de sintomas como perdas de urina, prolapsos, secura vaginal, ou dor antes, durante ou após o ato sexual.

A consulta de fisioterapia pélvica é um momento para se (re)encontrar com o seu corpo e com os seus músculos mais profundos e íntimos. É um espaço seguro para falar sobre seus sintomas e encontrar estratégias para lidar com as alterações fisiológicas típicas deste período.

Os motivos mais frequentes para a procura por esta consulta incluem:

  • Informação sobre o pavimento pélvico: conhecê-lo e cuidá-lo. O pavimento pélvico fornece suporte a órgãos como a bexiga, os ovários e o útero. É também responsável pelo controlo dos nossos esfíncteres, ou seja, responsáveis pela continência, e tem um papel determinante na função sexual. Um pavimento pélvico funcional é aquele que tem capacidade de se contrair e distender de acordo com as necessidades do corpo. O conhecimento das estruturas do corpo, desde a anatomia à função, constituiu uma ferramenta poderosa de saúde. Nesta consulta são também dados a conhecer bons hábitos de saúde pélvica, e quais os sinais e sintomas que podem indicar disfunção do pavimento pélvico, para que situações como essas possam ser prevenidas ou rapidamente diagnosticadas e tratadas.
  • Para obter aconselhamento sobre o tipo de exercício físico mais adequado a este período. A prática de exercício adequado na (peri)menopausa está associado a um menor risco de osteoporose, doença cardiovascular, depressão e obesidade. A fisioterapeuta poderá dar orientações ou construir um plano de exercícios personalizado e adaptado aos seus sintomas e às necessidades deste período, tendo especial atenção à saúde óssea e cardiovascular, para que encontre formas seguras de se movimentar sem medo ou desconforto.
  • Gestão de dor na região abdominal, lombar, pélvica, entre outras.
  • Diagnóstico e tratamento de disfunções do pavimento pélvico, que podem estar na origem de sintomas como secura vaginal; dor, irritação ou sensibilidade vulvar ou vaginal; dor ou ardor antes, durante ou após o ato sexual; perdas de urina ou gases/fezes; infeções urinárias recorrentes; dor ou ardor ao urinar / dor ao evacuar; obstipação crónica; hemorroides; dor na região pélvica; sensação de pressão ou peso constante na zona pélvica e/ou perda de ar pela vagina.

As consultas de fisioterapia podem ser realizadas na UTERUS e ao domicílio. Estão disponíveis packs de consulta para as situações que necessitam de acompanhamento mais regular.
Contacte-nos aqui para mais informações ou agendamento.